Loading...

Como recolher impostos sobre a produção de pepinos?

Como recolher impostos sobre a produção de pepinos?

Este é o tema de uma das palestras do 2º Fórum Brasileiro de Produção de Pepino em Conserva

Produtores e micro empresas que atuam na produção de pepino podem optar por pelo menos três formas de recolher impostos: pela atividade agrícola no IRPF, pelo lucro presumido ou pelo lucro real (estas duas modalidades na forma de pessoa jurídica). Este é justamente um fator de dúvidas entre os empresários do setor.

FAÇA AQUI SUA INSCRIÇÃO

Por isso, o 2º Fórum Brasileiro de Produção de Pepino em Conserva, que ocorre em Indaial, no dia 14 de maio, traz um debate sobre o tema. Vladimir André Rodrigues Gavin, contador, CEO do Grupo MGV, consultor tributário, que atua há mais de 18 anos na área de controladoria de empresas e gestão tributária, é um dos convidados para o evento e vai falar sobre “Gestão e tributos sobre a produção de pepinos para conserva”.

“Vou apresentar informações ligadas ao controle de produção, organização das informações financeiras – contas a pagar, a receber, estoque e fluxo de caixa – e mostrar a importância de separar contas familiares da produção agrícola”, disse. Gavin quer despertar o interesse dos produtores e micro empresas do ramo produtivo a terem foco no planejamento estratégico, operacional e tributário.

“A partir do momento que se tem o controle financeiro fica mais fácil de planejar e estudar a melhor forma de recolher os tributos em cima de sua produção, afinal é comum “faturar somente o necessário”, isso é um risco muito grande com o atual controle que o fisco tem (bancário, financeiro, fiscalizatório)”, antecipou.

O objetivo maior de Gavin com a palestra no 2º Fórum Brasileiro de Produção de Pepino em Conserva é mostrar ao público as vantagens de se organizar, ter seus números na mão, e até recolher menos impostos do que se imagina, “fazendo apenas uma organização e legalizando as receitas”.

Confira os temas das palestras já confirmadas para a segunda edição:

  • Organizações do Terceiro Setor e Interface com as Atividades Empresariais – Polêmicas Jurídicas e Tributárias
  • Gestão e Tributos sobre a Produção de Pepinos para Conserva
  • Era Digital: Impacto nas Rotinas do Agronegócio
  • Programa de Rastreabilidade de produtos de origem vegetal em Santa Catarina Programa E-Origem
  • Da Semente à Conserva: Tendências e Oportunidades do Cultivo de Pepinos para Conserva
  • Solo – uma adequada estrutura no solo garante bons rendimentos
  • Manejo na preservação da fitossanidade na cultura do pepino para conserva
  • Pepino para Conserva: Crescimento, Produção e Absorção dos Nutrientes em Cultivo Protegido

O Fórum de Pepinos é destinado a produtores rurais e empresários das indústrias de conservas de pepino de toda a região e também do Estado de Santa Catarina. Na primeira edição, o evento contou com a presença de 60 indústrias do setor.

Este evento é uma realização da AgroGirassol, Mercado da Semente e Inspiracom Marketing e Comunicação, e conta com o Patrocínio de Bejo Sementes do Brasil Ltda, Corteva Agriscience – Divisão Agrícola da Dow DuPont, Cosmocel SA – Inovação em especialidades agrícolas, TopSeed Premium da Agristar – Tecnologia em Sementes. Apoio: AMMVI – Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí, ACATS – Associação Catarinense de Supermercados, ACIDI – Associação Empresarial de Indaial, CIDASC – Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina, EPAGRI- Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, Prefeitura Municipal de Blumenau, Prefeitura Municipal de Indaial, Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca de Santa Catarina.

2º Fórum Brasileiro de Produção de Pepino em Conserva
Data: 14 de maio (terça-feira)
Local: Associação Empresarial de Indaial – ACIDI
Endereço: Rua Ver. Alvin Rauh Júnior, 100, Bairro Nações, Indaial – SC, 89130-000.
Horário: 8h30min às 17h30min
Fones: 47 99230-4034 / 47 99137-5307
Site: http://forumbrasilpepinoconserva.com.br